Melhor visualizado com Microsoft® Internet Explorer terça-feira, 23 de janeiro de 2018 
Seja bem vindo! Navegue no site pelo MENU abaixo!!!
 






Acessos ao site:

























Este site do
Anel Brasileiro de Cinofilia
é mantido por:
Espaço do Cão
[« Anterior]
[Aleatório]
[Próximo »]
[Lista de Sites]
[Entrar p/ o anel]

PASTOR DE SHETLAND (SHETLAND SHEEPDOG)



Características da Raça


Padrão FCI nº - 88 d - de 24 de Junho de 1987
Grupo nº - 1 - Cães Pastores e Boiadeiros (exceto Boiadeiros Suiços)
Seção nº - 1 - Cães Pastores
Origem Grã-Bretanha.
Temperamento

O Pastor de Shetland é um Collie em miniatura, carinhosamente chamado de Sheltie. Inteligente, carinhoso, extremamente leal ao dono, tende a obedecer com naturalidade e com pouco treino. Também costuma se dar muito bem com crianças, o que o torna uma ótima companhia para toda a família. Os Shelties não têm tendências agressivas e nem de dominância, porém possuem uma certa resistência a estranhos. Gostam de dar seus latidos excessivos de vez em quando e pela potência desses latidos, parecem ser muito maiores do que realmente são. É aconselhável que se treine desde pequenos para que não latam sem necessidade. O treinamento deverá ser voltado ao reforço positivo e a punição deverá ser verbal, seguida imediatamente de demonstração do que se espera do cão, com muito carinho, pois bater num Sheltie poderá ser uma atitude jamais perdoada pelo cão, o que o afastará do treinador pela perda da confiança nele.

Pelagem

Deve ser dupla. O pêlo é longo, reto e de textura dura. O subpêlo é macio, curto e cerrado. A juba e o peitoral são revestidos de uma pelagem bastante abundante e os membros anteriores bem franjados. Os posteriores também têm pelagem muito abundante, acima dos jarretes, mas, abaixo, o pêlo é muito curto. Na face o pêlo é curto.

Cor

Segundo a Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC):
1. Os Zibelines: são claros ou sombreados, todos os tons são admitidos, desde o dourado pálido até o mogno intenso, mas, em suas nuanças, a cor deve ter um tom firme. A cor de lobo e o cinza são evitados;
2. Os tricolores: têm um preto intenso no tronco, prefere-se entre os tricolores a marcação castanho vivo;
3. Azul Merle: azul claro prateado, manchado e marmorizado em preto, preferem-se as marcações castanho vivo, mas sua ausência não deve ser penalizada. Grandes manchas pretas, a cor ardósia ou nuança de ferrugem, seja na pelagem, seja no subpêlo são proibidas. O efeito produzido deve ser azul;
4. Preto e Branco e Preto e Castanho: são cores igualmente reconhecidas. As marcas brancas podem aparecer (exceto para os preto e castanhos) no peito, no antepeito, nos membros e extremidade da cauda; podendo formar uma lista ou um colar. As marcas brancas são preferidas, em parte ou na totalidade (exceto para os preto e castanhos), mas a ausência não será considerada falta. As manchas brancas no tronco são proibidas.

Peso

Machos e Fêmeas: de 5 a 10 kg

Inteligência 6ª colocação no ranking

  Fonte das informações:
  1. Confederação Brasileira de Cinofilia

  Fotos extraídas da Internet.
 

©Copyright Espaço do Cão 2004-2014 - Todos os direitos reservados -- Website Powered by eXtreme Internet